Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

DRE: como cumprir as exigências legais e ter controle do negócio.

Hoje vamos falar sobre a DRE – Demonstração do Resultado do Exercício. Você já deve saber que ela é uma ferramenta importante para a administração da empresa e uma aliada do empreendedor. Mas, vamos trazer aqui mais informações sobre como produzir uma DRE que cumpra as exigências legais e também proporcione um efetivo controle do negócio.

A DRE, produzida junto com o Balanço Patrimonial, deve ser assinada por um contador habilitado pelo CRC (Conselho Regional de Contabilidade). É obrigatória para todas as empresas, exceto o MEI, e deve ser feita anualmente. Porém, geralmente as empresas costumam fazê-la mensalmente. Trata-se de um relatório contábil que evidencia se as operações de uma empresa estão gerando lucro ou prejuízo, considerando um determinado período de tempo.

Esse relatório confronta os dados das receitas e das despesas do negócio, mostrando o resultado líquido do seu desempenho e detalhando a real situação operacional.
A importância desse documento vai além do cumprimento das exigências contábeis e fiscais. Ter este controle é essencial para o sucesso do negócio, pois ele permite saber como anda a saúde financeira da sua empresa e, assim, usar as informações para tomar decisões irão aumentar a rentabilidade do negócio.

Um ponto importante é que a DRE deve ser preparada de acordo com o regime de competência e não de caixa, diferentemente do fluxo de caixa. Na DRE, se uma despesa de R$1.000,00 mesmo sendo paga em 4 parcelas, ela será apresentada no valor de R$1.000,00. Já no fluxo de caixa, o valor será apresentado em quatro parcelas de R$250,00. Se houver algum pagamento de despesas a vista, os dois regimes se fundem.

Análise vertical e horizontal da DRE

Na DRE podem ser apresentadas as duas análises. Na vertical, é possível calcular qual foi o percentual de cada uma das despesas, receitas ou custos em relação ao faturamento bruto e ou líquido. Já na horizontal, o objetivo é entender qual foi o aumento ou redução de cada uma das contas ao longo dos meses, nela fica mais fácil identificar as variações de um período para outro, que precisam ser verificados com mais cautela.

A DRE como atrativo para novos investidores

O relatório ainda costuma ser fundamental na hora de buscar novos investimentos. Isso porque as informações apresentadas neste relatório são consideradas de grande relevância para um banco ou investidor identificar o grau de risco, e decidir se liberam crédito ou não, se investirão ou não.

Vocês sabiam que a solução desenvolvida pela Handit é completa e totalmente flexível para o planejamento orçamentário da sua empresa? Na plataforma é possível fazer inúmeras projeções de cenários, com base em diversas premissas, para uma tomada de decisão muito mais assertiva. Quer saber mais? Entre em contato conosco!
Seguem abaixo alguns modelos de DRE construídos na Plataforma.

Fred Zibell

Com mais de 30 anos de vivência em controladoria, acumulou sua experiência como gestor de contabilidade e finanças em empresas multinacionais. Contador, possui especialização em Ciências Contábeis pela Fundação Getúlio Vargas, além de sua expertise na área de tecnologia da informação.

COMPARTILHE ESTE ARTIGO

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conheça nossos cases de Sucesso

Leia outros artigos